img imprensa1

Direitos dos Pacientes

Os direitos dos pacientes são de extrema importância no cuidado à saúde e devem fazer parte do conhecimento dos profissionais de saúde, e também informados aos pacientes, com o objetivo de proporcionar melhores condições para a autonomia do paciente e melhorar a relação paciente-profissional, oferecer um atendimento digno, atencioso e respeitoso.

Mas quais seriam tais direitos?

Direito à identificação por meio do nome completo ou pelo nome social (quando solicitado pelo paciente);

Direito a informações claras, simples e compreensíveis, de diagnósticos, exames, tratamentos, evoluções por meio do emprego de linguagem clara e de acordo com o seu grau de entendimento;

Direito de aceitar ou recusar atendimento, procedimentos ou medicamentos e hemoderivados;

Direito de acesso ao prontuário, o qual deve estar corretamente preenchido, contendo histórico e evolução do quadro clínico, diagnósticos, tratamentos, exames solicitados e resultados, prescrições;

Direito a Informações sobre os medicamentos e instruções de uso;

Direito à privacidade para atendimento, sigilo sobre as informações prestadas, e imagem e identidade preservadas;

Direito ao respeito em relação a crença espiritual;

Direito de receber ou recusar visitas de amigos e familiares.

O conhecimento e respeito a estes direitos diminuem os eventuais conflitos que podem estar presentes na assistência, fortalecendo o vínculo entre os profissionais da equipe e os pacientes/ família, proporcionando melhor entendimento da situação atual da doença e do seu tratamento.